Programar é difícil!

Fazem exatos 17 meses que meu amigo, sócio e também meu professor de Unity optou por carreira solo. Neste tempo eu tive que me virar rapidamente para aprender programação C# afim de manter o meu negócio e também o desejo de fazer meus próprios jogos. Para aqueles que acompanham minha carreira sabem que adoro aprender coisas novas, mas este sem dúvida está sendo um dos meus maiores desafios até agora.

Um feedback do professor, “Realmente tu teve uma evolução muito boa!” O fato é que estou longe de alcançá-lo, e provavelmente não o alcançarei nesta vida. Ele estudou muito tempo para se tornar um excelente programador. Já eu venho da arte, meu cérebro durante anos foi preparado para o lúdico, criativo e não para o lógico. Digo isto em parte, pois eu adoro um novo desafio. Outro fato é que a programação é muito extensa, quero dizer, com inúmeras finalidades. Eu quero apenas o suficiente para criar meus jogos.

O que aprendi até agora me deu autonomia para reprogramar, programar e melhorar 16 dos meus jogos. Alguns fiz completamente do zero como o Monstros vs Robôs e o Animais no Planeta. O editor, no meu caso a Unity me ajudou bastante. Ferramentas de visual script como o Bolt e o PlayMaker me auxiliam a entender a lógica. A cada passo o C# fica mais claro em minha mente. E como eu sempre repito, a prática leva a perfeição.

Quer ver o que consegui fazer? Clica ai embaixo! 😉