Vida

Não se esqueça de sorrir!

Quando eu comecei a desenhar, e isso foi logo quando me dei conta que eu controlava minha mão conscientemente, eu me divertia muito! Criava batalhas, monstros malucos, heróis e cenários pra lá de curiosos. Hoje quando olho meus desenhos antigos (guardados com muito carinho) eu os admiro, penso, essa criança estava se divertindo. Eu costumava… Continuar lendo Não se esqueça de sorrir!